Blog da Paulinha

Críticas, Dicas, Vídeos, Notícias, Receitas...

27.5.11

Escassez de Água um Problema de Todo Mundo, por Ana Carolina.

Postado por Paula R. Cardoso Bruno |

Temos a honra de ter a jornalista Ana Carolina colaborando com o nosso blog. 
Ela nos presenteará com matérias sobre ecologia e turismo.

Espero que vocês gostem.
Bjkas.
Paulinha.

Um alerta da Organização das Nações Unidas (ONU), apontou que mais de 1 bilhão de pessoas, cerca de 18% da população mundial, já vive em situação de escassez de água potável. De acordo com a ONU, mantidas as condições de poluição e uso indevido desse recurso, em 2015, cerca de dois terços da população viverá sob escassez de água e em 2050, cerca de 75% da população mundial.
O problema da falta de água vai mais além do que se pensa. As pessoas que vivem em condições de escassez de água estão sujeitas à sede, a falta de higiene, o que acarreta a outros problemas como a disseminação de doenças causadas pela ausência de tratamento da água, como diarréia e malária.
O Brasil concentra cerca de 12% da água doce de todo planeta, no entanto a poluição dos lençóis freáticos, mananciais, rios, torna essa água não utilizável. É importante o comprometimento da população juntamente com todas as esferas de governo para que a água não se torne um motivo de guerra entre as nações como se é esperado por estudiosos.
No mapa podemos ter uma visão dos países que já sofrem com a escassez da água. O continente Africano e o sul da Ásia já passam por esse problema.


Na maioria das vezes as pessoas não percebem que pequenas ações como fechar a torneira quando se escova os dentes, ou não deixar a mangueira ligada quando se lava o quintal, podem fazer muita diferença, inclusive na sua conta de água, porque quanto mais precioso e raro for o acesso à água, mais caro vai custar.
Dicas para economizar e preservar a água:
1. Não “varra” nada com água, e sim com uma vassoura. Uma boa dica é reaproveitar a água da máquina de lavar para lavar quintal, frente da casa e área;
2. Quando regar os vasos, coloque um prato embaixo para apanhar a água em excesso e utilize essa água para molhar outras plantas. Atenção para não acumular larvas de mosquitos;
3. Jogar óleo no ralo ou na privada (ou na rua, onde acabará chegando ao esgoto) é o mesmo que despejá-lo diretamente num rio ou lago. Apenas meio litro de óleo é suficiente para gerar uma mancha venenosa de milhares de metros quadrados;
4. Quando trocar a água de seus animais de estimação, use a antiga para molhar as plantas;
5. Cerca de 75% da água que consumimos em casa é gasto no banheiro. 32% do consumo doméstico de água vêm dos chuveiros: um banho de chuveiro gasta cerca de 20 litros de água por minuto;
6. Tenha bom senso no seu banho: deixe a torneira aberta somente para se molhar e retirar o sabonete do corpo.
7. Com a torneira aberta, são desperdiçados de 50 a 80 litros de água enquanto se escova os dentes ou se faz a barba. Aprenda a utilizar a torneira com menos vazão possível. Uma torneira aberta deixa correr de 12 a 20 litros de água por minuto.
8. Torne-se um guardião da água. Saia por aí fechando torneiras que estão pingando, estimule e mostre a amigos e parentes a importância de utilizar esse recurso de forma consciente.
9. Seja criativo e desenvolva métodos econômicos de reaproveitamento para lavar a louça, carro, banheiro e quintal.
10. Para lavar o carro com uma mangueira permanentemente aberta, mais de 600 litros de água são gastos! Use um balde.
11. Se puder, recolha a água da chuva em baldes e utilize-a para diferentes fins. Em nossas cidades cimentadas, sem a terra para absorvê-la, a água da chuva termina nos bueiros, misturada aos esgotos. É um presente do céu, desperdiçado.

12. Regue suas plantas de manhã cedo. Durante o dia, a evaporação da água é bem maior e, à noite, aumenta o risco de proliferação de fungos.
13. Plantas nativas consomem 54% menos água, são mais saudáveis e não esgotam o solo.
14. Não utilize pesticidas e, principalmente, não os jogue pelo ralo ou no solo. Eles vão contaminar o sistema de esgotos e contribuir para a poluição das águas.
15. Se tiver de usar detergente (existem várias soluções alternativas eficientes e não poluidoras), utilize quantidades mínimas e certifique-se de que é biodegradável. A falta de água tratada combinada com a falta de saneamento básico (esgoto, lixo) mata cerca de 12 milhões de pessoas por ano no mundo.

2 comentários:

Roberta Escolástico disse...

Adorei a matéria Amiga. Carol arrasou mais uma vez. Bjs

Ana Carolina disse...

assim fico com vergonha :-)

Postar um comentário

Deixe seu comentário.

Subscribe