Blog da Paulinha

Críticas, Dicas, Vídeos, Notícias, Receitas...

15.9.11

Minha Crítica: "Planeta dos Macacos: A Origem"

Postado por Paula R. Cardoso Bruno |

"Ceasar está em casa!"

Sinopse:
O novo filme se passa antes da história já conhecida sobre o domínio dos símios na Terra. Os macacos superaram os cães e gatos no papel de animais de estimação, e substituíram os empregados como assistentes pessoais, até que os contínuos maus tratos a que eram submetidos levam um macaco mais desenvolvido, César a liderar uma espetacular revolta. Franco viverá o jovem cientista que consegue desenvolver uma mistura de homem com macaco.

Crítica da Paulinha:
Realmente um filme incrível. 
Você ri e ao mesmo tempo tem pena dos macacos, tem raiva e logo depois pena dos humanos.  A ganância do homem, o desejo de "brincar" de ser Deus e resolver todos os problemas não tem limites ou escrúpulos. O amor do filho pelo pai é a justificativa para atos de desespero que causam um desastre! Ceasar, o primeiro chipamzé super inteligente lidera uma "gangue" de macacos em busca da liberdade. Os humanos não conseguem freá-los por mais que tentem e muitas vidas são perdidas... Muitas... Toda a humanidade é posta em perigo. A forma como eles justificam o meio pelo qual a raça humana é levada rapidamente à extinção nos remete à alguns anos quando os EUA sofreram com a ameaça do Antrax, ficou bem óbvio. (Detalhe: Se for assistir, fique realmente até o final para entender isso.) A equipe de direção e criação do longa se baseou no roteiro original, mas usando fatos atuais para nos levar ao extermínio.
Sem muitos efeitos especiais visuais como estamos acostumados de ver em produções como Star Wars, a mesma equipe de "Avatar" insere os animais no meio dos humanos de uma forma muito natural. Você quase acredita que eles estão realmente lá! As expressões faciais, são muito bem feitas. A interpretação é incrível. Você ri, claro... Um chipanzé fazendo algumas coisas como aquelas é impossível. No final da matéria você poderá conferir o Making Off do filme e descobrir como eles não usaram animais verdadeiros, foi tudo feito pelo computador. 
Andy Serkis atuando como Ceasar foi perfeito, mesmo que seu rosto nem apareça no filme. John Lithgow atuou de forma magnífica como pai de James Franco, um homem que sofre com mal de Alzheimer. Tom Felton ainda traz consigo o estigma "Draco Malfoy", mas talvez ele não tenha sido escolhido à toa para o papel, não é? Ele realmente passa para a tela o desprezo pelos animais enquanto trabalha no abrigo para onde Ceasar é levado. Gostei muito da atuação do James Franco, mesmo que no fundo ele seja o verdadeiro culpado... Epa! Falando demais... Melhor você ir assistir o filme para saber. 

Making Off.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.

Subscribe