Blog da Paulinha

Críticas, Dicas, Vídeos, Notícias, Receitas e tudo mais.

Cedae paralisa Estação de Tratamento de Água do Guandu para obra de hidrelétrica e serviço de manutenção

Responsável pelo abastecimento de 85% da cidade do Rio, a Estação de Tratamento de Água (ETA) do Guandu será paralisada por 24 horas nesta terça-feira a partir das 8h. A parada permitirá a conclusão da instalação da Pequena Central Hidrelétrica (PCH) de Paracambi, no leito do Guandu, e ainda a realização da manutenção preventiva anual da ETA, a cargo da Cedae. Segundo a empresa, eles aproveitarão o pedido da Light de paralisação do sistema para fazer o trabalho de vistoria. Já a Lightger S/A, responsável pela construção da PCH, informou que a data foi acordada com a Cedae para fazer coincidir as duas operações.
Ainda de acordo com a Lightger, as atividades para concluir a instalação da hidrelétrica não precisarão de 24 horas: elas serão iniciadas às 9h desta terça-feira e concluídas no fim da tarde.
A Cedae orienta a população a economizar água, mas prevê que o recurso não faltará já que prédios e residências são equipados com cisternas e caixas d'água. A concessionária montou um esquema especial para atender hospitais, escolas e outros órgãos de atendimento essencial com carros-pipa no período em que a ETA estiver parada.
No trabalho de manutenção, a Cedae fará vistoria de bombas, tubulações, reservatórios, adutoras, instalações elétricas e demais estruturas da ETA do Guandu, que também responde por 75% do abastecimento da Baixada Fluminense. No total, a estação atende 7,6 milhões de pessoas. O fornecimento de água começará a ser normalizado logo após o religamento do sistema, entretanto, em áreas mais isoladas e altas, o abastecimento poderá levar até 48h após a conclusão dos trabalhos para ser restabelecido. A concessionária prevê que, nas primeiras 12 horas, 90% do sistema já esteja normalizado.
A PCH Paracambi é um empreendimento hidrelétrico da Lightger S/A, uma empresa formada por acionistas da Light S.A e da Cemig Geração e Transmissão S/A. Em construção desde novembro de 2009, a usina deve estar pronta para operar no final deste ano. Ela terá capacidade instalada de 25 megawatts.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.

Subscribe