Blog da Paulinha

Críticas, Dicas, Vídeos, Notícias, Receitas...

25.4.12

25 de Abril - Dia do Contabilista

Postado por Paula R. Cardoso Bruno |

Já tivemos a grande honra de ter no nosso Blog a Contabilista Fabiana Vaz de Almeida nos presenteando com postagens, como as que vemos aqui e aqui
Não poderíamos deixar de homenagear a nossa querida amiga e todos os contabilistas.

Existe diferença entre Contabilista, Contador e Técnico em Contabilidade?
Muitos não sabem diferenciar esses gêneros da profissão contábil, mas na verdade, contabilista é sinônimo de contabilidade, abrangendo o campo de atuação dos contadores e dos técnicos em contabilidade. 
O contador é um profissional universitário que exerce funções técnicas e acadêmicas da contabilidade, que cursou Ciências Contábeis. Já o Técnico em Contabilidade é o sucessor do antigo guarda-livros, profissional formado pelos cursos profissionalizantes das Escolas Técnicas do Comércio, curso de nível médio, executando a função técnica da contabilidade.

Mas... O que faz um contabilista ou contador?


Vamos descobrir? 

As funções de um contador são, tradicionalmente: fazer registros contábeis das empresas, cuidar de documentação, abertura e fechamento de empresas, prestar assessoria, fazer declarações de imposto de renda de pessoas físicas e jurídicas, escriturações, demonstrações contábeis, análises de balanços, etc.
O profissional contador deve possuir conhecimentos avançados de matemática financeira, organização, precisão, conhecimentos de leis tributárias e vontade de manter-se atualizado (em virtude da mudança rápida e constante de leis e tributos).

Existem variações dentro da profissão, vamos conhecer.

Analista Contábil

O analista contábil é o profissional responsável por orientar e exercer tarefas ligadas a análise, classificação e conciliação contábil com o objetivo de promover a demanda de pagamentos e recebimentos. Além disso, é este o profissional que prepara balanços e balancetes, elabora relatórios de contabilidade e faz a análise vertical e horizontal de despesas e contas patrimoniais relacionadas ao ativo imobilizado da empresa para a qual trabalha.
A formação básica deste profissional é curso superior em Ciências contábeis. Este curso é oferecido em todo o Brasil e tem as seguintes disciplinas na grade curricular: Contabilidade de custos; Estatística; Direito tributário; Matemática financeira; Análise de custos; Orçamento empresarial; Análise de balanços; Auditoria contábil; Gestão estratégica de custos; Contablidade de responsabilidade social; Planejamento estratégico; Custos logísticos; Contabilidade em Moeda Constante; Marketing; Administração mercadológica; Contratos comerciais; Mercado de capitais; Engenharia econômica, etc.
Além disso, espera-se que o profissional seja objetivo, tenha raciocínio rápido, possua conhecimento avançado em matemática e em Excel.
O analista contábil pode atuar na área de contabilidade de pequenas e grandes empresas. Ele pode também atuar de forma autônoma como consultor empresarial opinando sobre o custo de projetos de uma determinada empresa ou, ainda, ocupar cargos públicos no Tribunal de Contas e prefeituras municipais, por exemplo.
O salário de um analista contábil pode variar entre R$ 2.500,00 e R$ 4.000,00 mensais.


Consultor Contábil

Dentre as principais atividades exercidas por um consultor contábil estão as de:
  • Implementar procedimentos contábeis como balanço patrimonial, DRE, balancete e fluxo de caixa;
  • Efetuar custos, controladoria e a conciliação contábil;
  • Fazer análise de demonstrações contábeis, de índices econômicos e fiscais;
  • Efetuar parametrizações contábeis baseado no conhecimento do negócio da empresa;
  • Fazer levantamentos sobre as necessidades dos clientes;
  • Gerenciar projetos e avaliar tendências do mercado;
  • Fazer análises dos concorrentes e clientes parceiros;
  • Fazer apuração de IRPJ e CSLL (lucro real anual), além da apuração de PIS e COFINS;
  • Elaborar o DACON, DIPJ e LALUR;
  • Realizar o controle ativo imobilizado;
  • Verificar o controle de estoques e o recebimento fiscal;
  • Atuar com suporte na implantação dos módulos financeiros;
  • Atuar em projetos como membro da equipe financeira.
Para tornar-se um consultor contábil é preciso ter ensino superior completo em Ciências Contábeis. O curso é oferecido em todo o país, por universidades públicas e privadas, e oferece, entre outras, as seguintes disciplinas: Análise de custos; Contabilidade Financeira; Economia e Negócios; Finanças; Orçamento Empresariais e Mercado de capitais. Além disso, é preciso ter experiência na área de consultoria.
O mercado de trabalho é promissor e o salário bastante atrativo. Por exemplo, um consultor contábil sênior pode chegar a ganhar até R$ 8.000,00 mensais.


Analista de Controladoria
Dentre as atribuições de um analista de controladoria estão as de:
  • Elaborar relatórios para órgãos regulatórios;
  • Emitir e publicar informações para o mercado, investidores e acionistas;
  • Prestar atendimento à auditoria interna e externa;
  • Extrair e manipular dados do sistema, além de analisar informações financeiras;
  • Fazer a análise de budget e forecast;
  • Acompanhar e aplicar novas regulamentações contábeis;
  • Preparar balanços e balancetes;
  • Assessorar o controller na realização de outras atividades;
  • Lançar e dar baixa no fundo fixo;
  • Verificar se existem pendências com outros departamentos;
  • Elaborar calendário de fechamento contábil mensal.
É fundamental que o analista de controladoria tenha bons conhecimentos no planejamento de despesas, na confecção de orçamentos e na análise de custos e investimentos. Além disso, ele precisa ser objetivo, pró-ativo e ter boa comunicação verbal e escrita.
Para tornar-se um profissional da área é preciso ter curso superior completo em Ciências Contábeis. O curso é oferecido em todo o país, por universidades públicas e privadas, e dura, em média, 4 anos. Durante o curso, o aluno estuda, entre outras, as seguintes disciplinas: Matemática financeira; Direito tributário; Práticas trabalhistas; Análise de Balanços; Finanças empresariais; Estatística e Auditoria Contábil.
O mercado de trabalho oferece ótimas oportunidades tanto em empresas públicas quanto privadas. Já a faixa salarial varia entre R$ 1.700,00 e R$ 5.000,00 mensais.



Analista de Compras

Basicamente, um analista de compras presta assistência à empresa em que trabalha na aquisição de produtos ou serviços.
Dentre as tarefas realizadas por este profissional estão as seguintes:
  • Negociar com fornecedores preços, prazos e condições de compras;
  • Emitir relatórios e ordens de compras no sistema;
  • Interpretar gráficos e realizar comparativo de propostas;
  • Conduzir o processo de contratação de serviços externos de médio impacto financeiro para a empresa;
  • Analisar mapas de preços e planilhas de custos;
  • Avaliar, classificar e escolher o mercado fornecedor;
  • Realizar pesquisas de preço no mercado nacional e internacional;
  • Administrar e organizar o setor de compras da empresa, reestruturando processos e procedimentos;
  • Participar de treinamentos do setor de consultoria.
Para tornar-se um profissional da área é preciso ter curso superior completo em Administração, Economia ou Ciências Contábeis. É preciso ter conhecimentos em matemática financeira e no pacote Office.
O salário de um analista de compras depende da experiência do profissional. A média salarial de um analista de compras é de R$ 3.000,00 mensais.

Fonte

1 comentários:

Fabiana disse...

Mto obrigada Paulinha...adorei a homenagem...

Postar um comentário

Deixe seu comentário.

Subscribe