Blog da Paulinha

Críticas, Dicas, Vídeos, Notícias, Receitas e tudo mais.

16.8.12

PORQUÊ MEU DESEJO DIMINUIU APÓS O CASAMENTO?

Postado por Valentyne Boutique Sensual |


Mulheres que se sentem em um relacionamento seguro apresentam uma queda no desejo sexual após alguns anos de casamento. Essa é uma afirmação comprovada por pesquisadores em diversos países do mundo e mais, a crise dos 7 anos passou para 4!!!

Esse problema é mais comum que você imagina, pois além da “estabilidade emocional” e da “segurança do casamento” existe a Síndrome do Desejo Sexual Hipoativo (DSH). Acredite: 35% da população brasileira possui DSH. Esta síndrome é uma disfunção feminina na qual, aos poucos, as mulheres vão perdendo o desejo sexual, afetando sua saúde e bem estar. Pode ter causas tanto físicas quanto psicológicas. 

Os primeiros sintomas são cansaço, irritação e dor de cabeça. Algumas mulheres evitam o marido, o sexo e não têm coragem para conversar, o que interfere no casamento. Outras, para não perder o marido, fingem ter orgasmo e mantêm a relação, mesmo sem prazer. De qualquer forma, o parceiro sente-se rejeitado e muitas vezes, desiste de entender o que está acontecendo, fica displicente dentro de casa e, por fim, abandona o casamento.

A falta de conhecimento do próprio corpo está associada aos problemas sexuais de 54% das brasileiras. Mas outras causas também podem estar presentes como: alterações hormonais, medicamentos de uso contínuo, infecções vaginais, nódulos dolorosos, estresse, depressão, ansiedade, influências culturais negativas, traumas na infância ou abuso e violência sexual. 

O tratamento deve ser direcionado à origem do problema (físico ou psicológico). Portanto você deve, inicialmente, ser examinada pelo seu ginecologista e endocrinologista para verificar a presença ou não de causas orgânicas. Descartando essa possibilidade, inicia-se uma avaliação e tratamento psicoterápico, com psicólogos ou psiquiatras. Lembrando que o tratamento completo é gradual e por tempo prolongado.

Independente da causa e do tratamento médico, você deve seguir alguns passos para despertar esse desejo adormecido. A seguir:

1°) Altere sua rotina. Saia para jantar a sós com seu parceiro. Permita-se ficar livre de preocupações, esqueça tudo ao seu redor e simplesmente namore. Passe boa parte do dia se preparando para esse momento. Arrume os cabelos, unhas, escolha uma roupa legal, sapatos, maquiagem, passe hidratante no seu corpo, perfumes afrodisíacos, sinta-se desejada. Sinta-se bem consigo, sinta-se gostosa e linda. Assim você vai começar a estimular seu cérebro.

2°) Durante o jantar escolha pratos mais leves, tome um drinque ou vinho para ajudar a se soltar. Conversem sobre temas picantes, lembre de momentos super quentes que vocês tiveram, pergunte do que ele gosta, fale do que você gosta. Enfim, falem “bobagens”!

3°) Na volta para casa ou em um motel, fiquem apenas de roupas íntimas. Acariciem-se por alguns minutos. Atenção: é proibido tocar nos genitais e mamas. Eleve o prazer, aguce os sentidos, utilize sprays comestíveis (podem esquentar ou gelar em contato com o corpo), excitam e são muito saborosos.
 
4°) Depois de estimulados vários pontos no corpo do casal, vocês poderão passar para as carícias nas partes íntimas. Os géis comestíveis são excelentes para essas áreas. Aplique no local, massageie e sopre suavemente; irão esquentando, excitando ainda mais o casal. Prolonguem o prazer ao máximo, não tenham pressa, fiquem apenas na fase oral. “A pressa é inimiga da perfeição”. É o fim do prazer! O desejo e a excitação dependem não só dos toques, mas também do compartilhamento de sensações, aromas e fantasias. Converse, exponha seus sonhos secretos, suas fantasias, fale “bobagens”. Todo o conjunto estimula o desejo.

5°) Finalmente a penetração e o orgasmo são permitidos. Mas vá com calma, quando sentir que está quase lá, diminua o ritmo e recomece vagarosamente.

O relacionamento e desejo sexual são super importantes na manutenção do clima amoroso, do respeito e da cumplicidade do casal. Uma conversa sincera e respeitosa é fundamental para que o casal cresça e aumente cada dia mais seu amor e cumplicidade.

Se mesmo seguindo estes passos você não sentir maior desejo, procure um especialista na sua cidade. Comece pelo ginecologista e endocrinologista, descartando as razões físicas, procure uma psicóloga. Lembre-se: é mais comum do que você imagina e pode ser resolvido.

Valentyne Boutique Sensual

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.

Subscribe