Blog da Paulinha

Críticas, Dicas, Vídeos, Notícias, Receitas...

19.10.13

Horário de Verão

Postado por Paula R. Cardoso Bruno |

O horário de verão começa à zero hora deste domingo (20), e termina à zero hora de 16 de fevereiro. Na madrugada deste sábado (19) para domingo, moradores dos Estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do País devem adiantar os relógios em uma hora.

Economia
De acordo com o secretário de Energia Elétrica do Ministério de Minas e Energia, Ildo Grüdtner, com o horário de verão, os Estados conseguem reduzir o consumo em 0,5%, além da demanda por energia no horário de pico, entre 19h e 21h.
Nas regiões Sudeste e Centro-Oeste, em termos de consumo, a economia será de 194 MW médios, o equivalente a 25% do consumo mensal de energia da cidade de Brasília. Já demanda por energia no horário de pico deve cair 4,6%, ou 2.065 MW.
No Sul, a economia do consumo de energia será de 53 MW médios, o equivalente a 75% do consumo mensal de energia da cidade de Curitiba. A demanda deve cair 5%, ou 630 MW.
Segundo Grüdtner, os ganhos com o horário de verão têm sido semelhantes nos últimos anos. "Em termos porcentuais, a demanda costuma cair entre 4,5% e 5%, e o consumo de energia, em média, 0,5%", disse.
Esse é o 38º ano em que o governo adota o horário de verão. Com isso, as empresas de geração e transmissão evitam investimentos da ordem de R$ 4,6 bilhões. Além disso, há uma redução na necessidade de geração da energia gerada pelas usinas térmicas, o que gera uma economia estimada de cerca de R$ 400 milhões.

Um pouco de História
As origens do Horário de Verão remontam ao ano de 1907, quando William Willett um construtor Britânico e membro da Sociedade Astronômica Real deu início a uma campanha para adoção do horário de verão naquele pais.
Naqueles dias o argumento utilizado era que haveria mais tempo para o lazer, menor criminalidade e redução no consumo de luz artificial.
Surgiram opositores de todas as áreas; fazendeiros, pais preocupados com as crianças que teriam que acordar mais cedo, etc.
Willett não viveu o suficiente para ver a sua ideia ser colocada em prática. O primeiro pais a adota-la foi a Alemanha em 1916, no que foi seguida por diversos países da Europa, devido à primeira Guerra Mundial.
A economia de energia elétrica foi visto como um esforço de guerra, propiciando uma economia de carvão, a principal fonte de energia da época.
Nos EUA a introdução do Horário de Verão foi mais difícil, pois houve uma coincidência com a implantação do Horário de Verão e do sistema de fusos horários em 1918. O principal motivo foi a primeira Guerra Mundial também.

Curiosidade
Cópia do anuário do Observatório Nacional de 1932, que publicou um histórico sobre o assunto. Chamava-se Hora de Economia de Luz no Verão.

  
Fonte

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.

Subscribe