Blog da Paulinha

Críticas, Dicas, Vídeos, Notícias, Receitas e tudo mais.

16.6.11

Adoçantes: o que você precisa saber

Postado por Paula R. Cardoso Bruno |

Os edulcorantes artificiais chamados popularmente de adoçantes são alvo de diversas dúvidas, sobretudo quando se trata de saber qual o mais adequado para o tratamento do diabetes.  Um mito importante que precisa ser combatido é que somente o uso do adoçante seria suficiente para o tratamento dietético do diabetes. Isso não é verdade, já que a maior parte dos alimentos possui carboidratos (açúcares) que aumentam de maneira similar a glicose no sangue. Contudo é recomendável que o adoçante seja usado em substituição ao açúcar (sacarose) para minimizar a restrição dos outros carboidratos no plano alimentar.

Para a escolha adequada do adoçante deve se considerar a segurança, o paladar e o custo. O adoçante seguro é aquele que sofre regulação de órgãos oficiais  com comprovada credibilidade científica, os quais liberam ou não o consumo para humanos, além de determinar a dose máxima por dia. Lembrar que não se pode deixar de contar o número de gotas. Dica: não ultrapassar de 10 gotas/copo,  até conferir com a recomendação do Nutricionista.

Quanto ao paladar devem ser verificados quais os adoçantes que podem ir ao fogo e o seu poder de adoçar, para que o uso incorreto (altas temperaturas e excesso de gotas) não acentue o resíduo amargo. E finalmente o custo, embora seja um dos principais determinantes na escolha dos adoçantes, deve-se avaliar o custo/benefício no momento da compra do adoçante, uma vez que o produto será utilizado de maneira contínua por muitos anos.

Dúvidas mais freqüentes sobre os adoçantes
  • Causam câncer? 
    Existem vários estudos na literatura científica que comprovam a segurança do uso dos adoçantes para pacientes diabéticos, desde que recomendados pelo médico ou nutricionista e utilizados na quantidade adequada para consumo diário.

  • Engordam ou emagrecem? 
    O adoçante é apenas um coadjuvante (substitui a sacarose) nas dietas para perder peso.  Ele não possui o efeito de emagrecer ou engordar.

  • Podem ser usados na gravidez? 
    Sim, desde que orientados pelo médico ou nutricionista.
Na tabela abaixo são listados os tipos de adoçantes comumente usados no Brasil com a respectiva dose máxima e Instituição oficial que liberou para o consumo.
EdulcorantesConsumo máximoInstituição
Acesulfame K15mg/dia/KgFDA
Aspartame40mg/dia/KgFDA
Ciclamato de sódio7mg/dia/KgANVISA
Estévia5,5mg/dia/KgANVISA
Sacarina5mg/dia/KgFDA
Sucralose15mg/dia/KgFDA

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.

Subscribe