Blog da Paulinha

Críticas, Dicas, Vídeos, Notícias, Receitas e tudo mais.

18.7.12

Doenças do Inverno

Postado por Paula R. Cardoso Bruno |

As doenças de inverno mais comuns são as que atingem a 

garganta e o aparelho respiratório. 

Seus alvos preferidos são as vias respiratórias superiores (o 

nariz), a garganta, os ouvidos e os  pulmões.

Se tratadas adequadamente, essas doenças não têm maior gravidade, embora tragam grande desconforto. Mas, quando se complicam, podem levar à morte. Por isso, é fundamental conhecer suas diferenças e ficar de olho nos sintomas.
Em geral, secreções amareladas ou muito espessas, febre alta, dores fortes na cabeça ou no peito e dificuldades respiratórias indicam a necessidade de tratamento de emergência, muitas vezes com hospitalização. Para evitar que isso aconteça, informe-se.
Veja algumas doenças típicas do inverno e suas características.

Alergia.
O que é

A alergia é uma "resposta imunológica exagerada", isto é, ocorre quando nosso organismo reage com exagero a alguma substância estranha. Em geral, ela tem motivação genética.

Sintomas

As alergias típicas do inverno são as respiratórias, e seus sintomas são a tosse, a coriza e a coceira nos olhos, na garganta e, muitas vezes, na pele.

Agentes

Os causadores das alergias variam muito: podem ser alimentos, tecidos, pêlos ou penas de animais, poeira, mofo, pólen etc. No inverno, os mais comuns são o mofo e a poeira.

Prevenção

A primeira providência é descobrir a fonte da alergia, que deve ser diagnosticada por um médico especialista em alergias. Depois, é preciso encontrar meios de ficar longe do agente causador da alergia.

Tratamentos

Devem ser sempre prescritos por médicos, e podem incluir remédios anti-alérgicos, cortizona e, em alguns casos, "vacinas" que dessensibilizam o organismo.


Pneumonia.
O que é

A pneumonia é uma infecção aguda que pode atingir os pulmões inteiros ou em partes. Certas variedades de pneumonia pioram rapidamente e requerem hospitalização do paciente para realizar um tratamento com antibióticos, oxigênio e líquidos endovenosos.

Sintomas

Os sintomas da pnemonia são a tosse com escarro, a dor no tórax, a febre alta, os calafrios, o suor e a palidez. Quanto maior for a área dos pulmões afetada, mais fortes serão os sintomas.

Agentes

Em geral, a pneumonia é conseqüência de alguma infecção das vias respiratóras (bronquite, resfriado, gripe etc) causada por vírus e/ou bactérias.

Prevenção

Não fumar, tratar com atenção as doenças respiratórias, evitar ambientes fechados e repousar muito em caso de gripe ou bronquite forte.

Complicações

Abscessos de pus, cistos contendo ar nos pulmões e derrame pleural (acúmulo de pus no espaço que envolve os pulmões), podendo levar o paciente à morte

Tratamentos

Deve ser prescrito pelo médico, e pode incluir desde antibióticos até a hospitalização.


Rinite
O que é

A rinite é uma inflamação não contagiosa das mucosas do nariz, que aparece de forma recorrente e atinge cerca de 30% da população. Ela quase sempre é causada por alergias ou por reações à fumaça e outros agentes ambientais.

Sintomas

Nariz escorrendo, coceira nos olhos, no nariz e na boca, espirros e às vezes um pouco de febre.

Agentes

Pode ser provocada por reação alérgica à poeira, a produtos químicos, aos cigarros etc, e também pode ser causada por reações a remédios, malformações da parte interna do nariz etc.

Prevenção

Evitar permanecer por muito tempo em locais fechados, não fumar, não ficar perto de lugares recém-pintados, ficar longe do mofo e, em caso de repetição freqüente, procurar algum tratamento preventivo prescrito pelo médico otorrinolaringologista.

Complicações

A obstrução nasal da rinite pode causar outras conseqüências, como problemas de sono e roncos, desalinhamento dos dentes, infecções de ouvidos e sinusites.

Tratamentos

O tratamento da rinite deve ser prescrito por um médico, e pode incluir antialérgicos, descongestionantes, analgésicos e anti-térmicos.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.

Subscribe